Payday loanspayday loans
chapeu_educacao
Selecione um item abaixo para ver os textos.

Educação - Estudos e indicadores sobre educação

Ideb: Ensino Médio brasileiro está praticamente estagnado

Entre 2009 e 2011, Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ensino Médio brasileiro aumentou apenas 0,1, passando de 3,6 para 3,7. A meta proposta pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi atingida, mas a pontuação continua muito baixa.

A nota do Ideb, que vai de zero a dez, é calculada por amostragem e considera o desempenho em português, matemática e a taxa de aprovação dos estudantes.

A evolução notada desde o primeiro cálculo do Ideb, no ano de 2005, é muito lenta. A cada dois anos, o acréscimo é de apenas 0,1 pontos.

Em nove Estados brasileiros o Ideb caiu entre 2009 e 2011: O Pará, que teve a nota mais baixa de todo o País, passou de 3,1 para 2,8. Alagoas caiu de 3,1 para 2,9; o Maranhão passou de 3,2 para 3,1; a Bahia, de 3,3 para 3,2; a Paraíba, de 3,4 para 3,3; o Acre, de 3,5 para 3,4; o Espírito Santo passou de 3,8 para 3,6; Rio Grande do Sul, de 3,9 para 3,7 e Paraná, de 4,2 para 4,0.

Os únicos Estados com média acima ou igual a 4,0 são Santa Catarina (4,3), São Paulo (4,1) e Paraná (4,0). Aqueles que mais aumentaram suas notas foram Goiás, que passou de 3,4 para 3,8, e Rio de Janeiro, de 3,3 para 3,7.

 

Ideb 2005 – 3,4

Ideb 2007 – 3,5

Ideb 2009 – 3,6

Ideb 2011 – 3,7

Meta Ideb 2011 – 3,7

 

Os resultados e metas do Ideb (Por Estado, Município e escola) podem ser consultados aqui.

b_conheca

Fundo Municipal


itau_social


abrinq

capa_telefonica

Trabalho infantil: caminhos para
reconhecer, agir e proteger
crianças e adolescentes

Elaborado pela Prattein e publicado pela Fundação Telefónica
Elaborado pela Prattein e publicado
pela Fundação Telefónica
PESQUISA NO SITE
Digite o nome ou palavra chave no campo abaixo para pesquisar. O termo pesquisado deve ter no mínimo 3 caracteres.
b_emp5